27 Principais Benefícios DENTE DE LEÃO Saúde e Beleza

Conheça os Principais Benefícios do Dente de Leão para Saúde e Beleza

Principais Benefícios DENTE DE LEÃO Saúde e Beleza

Dente-de-leão estimula o apetite e alivia a indigestão, quando utilizado após uma refeição muito rica em gordura.

As folhas lembram os dentes-de-leão – daí o nome: dente-de- leão.

Na primavera, as flores amarelas brilhantes dão um primeiro realce na cor dos prados.

Quando elas surgem em grandes quantidades nas pastagens, sugerem que este local foi fortemente fertilizados.

E quando a flor murcha, ela deixa as suas sementes em forma de pára-quedas.

De suas folhas jovens e macias podem ser feitas saladas, que apresentam um sabor azedo picante.

Como uma erva medicinal, o dente de leão é conhecido desde os tempos antigos.

Na idade média, os defensores do ensino assinatura usavam a erva flor amarela contra a icterícia.

De acordo com essa doutrina, o médico verifica as características externas da planta, por exemplo, a cor fechada e seu efeito no organismo.

>> Recomendamos Para Você:

(VÍDEO) Dente de Leão

 

> Com o que se parece o dente-de-leão e onde se encontra a planta medicinal?

 

Dente de leão (Taraxacum officinale) é uma planta careca ou ligeiramente peluda com até 50 centímetros de altura.

Exprime uma raiz forte que se parece com uma beterraba, com coloração exterior entre o preto e o marrom, sendo o seu interior branco leitoso.

As folhas dispostas em uma roseta basal, são alongadas e fortemente serrilhadas. O tronco não tem folhas e é oco por dentro.

As flores amarelas brilhantes são liguladas e unem-se em cabeças de flor escamosa.

O fruto tem formato de guarda-chuva é fusiforme. Toda a planta contém uma seiva leitosa branca.

O dente-de-leão pertence às plantas compostas (Asteraceae) e floresce de abril a junho.

É nativo da Europa e Ásia Ocidental e está agora em todo o hemisfério norte. Há dentes-de-leão nos prados, campos, estradas e lugares desolados.

 

(VÍDEO) Dente de Leão: Planta Indesejada com Valor Econômico?

 

> Quais partes da planta e quais ingredientes são usados?

 

Toda a planta é processada como uma droga, tanto a erva quanto a raiz.

Dente-de-leão contêm elementos amargos, tais como: Eudesmanolid Tetrahydroiridentin B e o Germacranolid Ainsliosid.

Além disso a planta possui os triterpenos, substâncias chamadas de taraxasterol, cumarinas, flavonoides e sitosterol de esteróis

A raiz também inclui açúcar e insulina (especialmente do outono), mucilagem e o nutriente mineral potássio.

 

(VÍDEO) CHÁ DE DENTE DE LEÃO

 

> O que fazem os ingredientes? O que faz o dente-de-leão?

 

As substâncias amargas aumentam a salivação e o estômago secreta mais ácidos.

Ao mesmo tempo, promovem a liberação dos hormônios digestivos e das enzimas alimentares e estimulam a atividade de bile.

Através destes efeitos, o dente-de-leão estimula o apetite e facilita a digestão.

Além disso, após uma refeição rica em gordura, a barriga incha provocando uma sensação desconfortável de plenitude. Neste caso a erva medicinal pode ajudar.

Outros ingredientes da planta tais como flavonoides e amplo de potássio podem ser facilmente diluídos em água.

Portanto, o dente-de-leão é freqüentemente utilizado em chás de desintoxicação.

 

(VÍDEO) Planta Comestível – Dente De Leão

 

> Notas importantes:

 

Se você tiver problemas biliares ou renais, você só pode tomar medicamentos com dente-de-leão após consultar o seu médico.

As pessoas alérgicas a Asteraceae também devem evitar o dente-de-leão.

Dica: Consulte a dosagem e a forma de uso correta com seu médico!

medico-emagecer-mulher-projeto-novo

>> >> RECOMENDAMOS PARA VOCÊ:

Recomendados Para Você:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *