7 Principais Benefícios SÁLVIA REAL para Saúde e Beleza

Conheça os Principais Benefícios da Sálvia Real

Principais Benefícios SÁLVIA REAL para Saúde e Beleza

A sálvia alivia a rouquidão e a dor de garganta, alivia a inflamação das gengivas e pode ajudar contra a transpiração excessiva.

Sálvia é conhecida como especiaria aromática. Por outro lado, a sálvia ou lâmina do dente tem sido usada como planta medicinal.

No antigo Egito, a sálvia serviu como um remédio para a infertilidade.

Nos tempos antigos, o médicos usavam o seu cheiro aromático contra indigestão e dor de dente. Na mitologia celta, a sálvia desempenha um importante papel.

>> Recomendamos Para Você:

(VÍDEO) Dica Aromaterapia para ansiedade Lavanda

 

> Como é a sálvia e onde se encontra esta planta medicinal?

 

Sálvia real (Salvia officinalis) é um subarbusto com cheiro aromático que pode crescer por até 70 cm de altura.

As folhas do caule são difusas. As folhas são opostos um as outras, na cor verde-acinzentada com aparência estreita-elíptica.

As flores, cuja cor é azul-violeta pálido, se encontram nas axilas das folhas superiores que são claramente bilabiais. As flores organizam-se como um cravo.

A sálvia real é uma planta de lábio-composto (Lamiaceae) que floresce entre maio e julho.

É nativa da região mediterrânica e prospera em locais secos.

 

(VÍDEO) Sálvia para Saúde

 

> Quais partes da planta e quais ingredientes são usados?

 

As folhas de sálvia são farmacologicamente eficazes. Elas possuem 2.5% de óleo essencial, que consiste principalmente de substâncias como tujona e cânfora.

Além disso possui ácido rosmarínico assim como flavonoides e o ácido ursólico triterpeno, ocorrendo entre dois a seis por cento.

Ingredientes como carnosol causar o sabor ligeiramente amargo.

 

(VÍDEO) Erva Sálvia para que Serve

 

> O que fazem os ingredientes? Como a sálvia pode ajudar?

 

A sálvia é conhecida há muito tempo como um remédio herbal para rouquidão, dor de garganta e gengivite.

A interação dos diferentes ingredientes é provavelmente responsável por estes efeitos, pois o óleo essencial faz com que os micróbios patogênicos não se reproduzam.

Os compostos contidos nas folhas formam uma proteção nas mucosas da boca e garganta.

Primeiramente a sálvia impermeabiliza e imuniza contra os vírus e bactérias, em segundo lugar acalma a superfície da mucosa irritada e em terceiro lugar, cicatriza pequenas feridas na gengiva.

Você pode beber o chá de sálvia ou usar como uma solução para a garganta.

Existem soluções especiais diluídas em DAB para os pacientes utilizarem como um enxaguante bucal contra as gengivas inflamadas.

Em doses mais elevadas a sálvia provoca sudorese excessiva que pode ajudar.

Ainda não se sabe quais são os ingredientes ativos que são responsáveis por este efeito. Provavelmente o óleo essencial e os taninos realizem esta função.

Importante: Caso o suor se torne violentamente excessivo, mesmo à noite e em períodos de descanso, é preciso consultar um médico. Ele pode decidir se a sálvia é apropriada ou não para o seu caso.

 

(VÍDEO) 5 Tipos de Sálvia que Você Amaria ter na Horta

 

> Notas importantes:

 

Você não deve aplicar o óleo de sálvia puro e sim diluído, pois ele pode irritar severamente a pele e mucosas.

Em vez disso, coloque algumas gotas em um copo de água para enxaguar a boca. Peça conselhos sobre a aplicação do produto em uma farmácia.

Use a sálvia por um curto período de tempo – aproximadamente o tempo que persistir o resfriado e a dor de garganta.

Especialistas desencorajam um uso prolongado devido ao teor de tujona. Tujona, em grandes quantidades, provoca uma grande intoxicação.

A sálvia não é recomendado para crianças, mulheres grávidaslactantes e mulheres que amamentam.

No entanto, as mães que querem desmamar seus filhos podem usar o chá de sálvia, porque de acordo com a compreensão tradicional o chá reduz a formação de leite.

Plantas medicinais contendo óleos essenciais não podem ser aplicadas em lactentes e crianças pequenas na área do nariz e da boca, pois isso pode causar falta de ar.

Isto é especialmente verdadeiro se entre os ingredientes do óleo estiverem o mentol e a cânfora.

Também as pessoas que sofrem de asma precisam consultar previamente o médico para saberem qual pode ser o método adequado para o seu caso.

Inalação com óleos essenciais é totalmente proibido pois isso pode desencadear um ataque de asma.

Dica: Consulte a dosagem e a forma de uso correta com um médico!

medico-emagecer-mulher-projeto-novo

 

>> >> RECOMENDAMOS PARA VOCÊ:

Recomendados Para Você:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *