Dieta Hiperproteica para Emagrecer Rapidamente 6kg em 10 Dias

Tudo Sobre Dieta Hiperproteica

DietaHiperproteicaparaemagrecer mini

A dieta hiperproteica é parecida com a dieta do carboidrato. Estão extremamente proibidos alimentos ricos em carboidratos como: massas, pães, arroz, frutas, doces e legumes.

A dieta promete a perda de pelo menos 3 quilos por semana apenas evitando esses alimentos.

A dieta hiperproteica promete resultados rápidos, já que quando o organismo fica sem ingerir carboidratos, no organismo aumenta a quantidade de glicose no sangue e aumenta a liberação de insulina.

Essa liberação estimula a formação de reservas energéticas e consequentemente queima as gorduras localizadas.

O melhor de tudo é que a dieta hiperproteica promete queimar aquelas gordurinhas mais difíceis na zona abdominal.

Além de queimar as reservas de gorduras, quando seguimos uma dieta onde a alimentação é à base de proteínas, o organismo constrói as células e os tecidos do nosso corpo, o que facilita na manutenção do peso.

Assim como muitas outras dietas, a dieta hiperproteica deve ser feita por um período indicado. Sugere-se seguir a dieta por 15 dias. Esse tempo é suficiente para perder os quilos extras, principal papel da proteína.

Dieta Hiperproteica para Emagrecer Rapidamente 6kg em 10 Dias

 

 

>> Recomendamos Para Você:

 

(VÍDEO) Dieta Fruta e Proteína perca 9kg em 3 Dias

 

(VÍDEO) Dieta da Proteína o que Pode Comer (ATUALIZADO)

 

(VÍDEO) Dieta da Proteína – Novo Cardápio das Famosas

Vantagens: Os dois grandes benefícios da dieta hiperproteica são: emagrecer rápido e manter a massa muscular.

A promessa de emagrecer rapidamente com certeza é o forte da dieta hiperproteica, já que com a ingestão da proteína logo pela manhã, inibe a vontade de comer durante o dia, além de reter menos líquidos o que ajuda e muito na hora de emagrecer.

Manter a massa muscular também é uma grande façanha dessa dieta, já que além de perder peso, o corpo cria uma estabilidade evitando a flacidez.

Desvantagens: Assim como muitas outras dietas, a dieta hiperproteica deve ser feita por um período indicado. Sugere-se seguir a dieta por 15 dias. Esse tempo é suficiente para perder os quilos extras.

A dieta hiperproteica não deve ser seguida por mais de 15 dias já que a falta de minerais e vitaminas podem causar algum dano ao organismo.

 

Sugestão de Cardápio Dieta Hiperproteica:

 

Café da manhã: No café da manhã, você pode comer queijo minas e iogurte natural.

Lanche da manhã: Você pode comer algumas fatias finas de peru defumado.

Almoço: Coma uma omelete com queijo e presunto, além de uma salada de folhas. De sobremesa você pode comer uma gelatina diet.

Lanche da tarde: Pode tomar uma xícara de café com leite, ou só leite se preferir, sem açúcar. Também pode comer algumas fatias de queijo mussarela.

Janta: No jantar você pode comer filés de peito de frango assado, acompanhado de uma salada de folhas e de sobremesa uma gelatina diet. (cardápio parecido com o almoço).

Ceia: O melhor é consumir líquidos. Está liberado uma xícara de chá ou café sem açúcar.

 

Uma Lista de 40 Alimentos com Baixos Níveis de Carboidratos

Se você está inconformado com a sua cintura, aqui estão os melhores alimentos de BAIXOS NÍVEIS DE CARBOIDRATOS para ajudar a eliminar gordura. Adiciona-os à sua lista de compras!

Carboidratos estão sendo evitados para quem se importa com seu físico. Por um lado, você precisa de alguns carboidratos em sua dieta para fornecer a energia necessária para um treino intenso.

Um baixo consumo de energia, um intestino e um crescimento muscular impreciso são sinais de que você se tornou muito íntimo de massas, cereais, e alimentos rico em carboidratos.

E sem dúvida, qualquer passeio pelo supermercado pode ser equivalente a tentar dirigir o seu carrinho para a área de alimentos saturados de carboidratos refinados e açúcares simples, ao invés das proteínas para construção muscular.

A chave para ganhar a guerra contra a gordura na cintura é saber para onde recorrer para obter alimentos com baixos índices de carboidrato, ou seja, proteínas, sais minerais vitais e vitaminas são menos perigosas que carboidratos complexos.

Reunimos uma lista de supermercado com alimentos que contém baixos índices de carboidratos para alimentar o seu estilo de vida ativo. Vamos lá?

 

VEGETAIS COM BAIXOS NÍVEIS DE CARBOIDRATOS

 

1. ABOBRINHA

Contagem de Carboidratos: 7 gramas por 1 abóbora média

Abobrinha é um grande vegetal para se ter em sua dieta com baixa quantidade de carboidratos.

Quando cortado em tiras como macarrão, abobrinha torna-se um substituto maravilhoso ao espaguete denso de carboidratos densos e para o seu molho de carne.

Abobrinha ralada pode ser usada como batatas fritas em vez de batata ou podem ser adicionados à massa de panquecas no lugar de farinha.

Ou para um lanche com baixos níveis de carboidratos, corte a abobrinha e use um descascador de legumes com ponta chata ou bandolim para fazer, longas tiras na largura.

Coloque um pouco de salmão defumado e rúcula no final de cada fita de abobrinha e enrole.

Bônus Nutritivo: Embora não seja frequentemente considerada um “super alimento”, abobrinha abriga uma série de nutrientes essenciais, incluindo a vitamina B6, potássio, manganês e vitamina C .

 

2. COUVE-FLOR

Contagem de Carboidratos: 5 gramas por copo

Há uma boa razão para que a couve-flor tem sido apelidado de “amido magro.”

Depois de cozido, a textura única do couve-flor pode ser usada como uma alternativa de BAIXOS NÍVEIS DE CARBOIDRATOS para purê de batatas (menos as batatas, você vai economizar cerca de 23 gramas de carboidratos em uma porção) e queijo, sopas cremosas, e até mesmo massa de pizza.

Ou pulverizar uma cabeça crua inteiro em um processador de alimentos e usar como um substituto para o cuscuz ou arroz.

Bônus Nutritivo: Como um membro da família da planta Brassica juntamente com brócolis e couve, couve-flor oferece uma pancada de antioxidantes.

 

3. ACELGA

Contagem de Carboidratos: 1 grama por copo

Em nutrientes escuros, folhas verdes deve ser sempre uma adição BAIXOS NÍVEIS DE CARBOIDRATOS para o seu carrinho de supermercado, e acelga não é exceção.

Você usar vapor ou refogar as folhas, ou considerar o uso de folhas inteiras cruas como uma alternativa aos pesados tacos.

Bônus Nutritivo: acelga oferece uma enorme quantidade de vitamina K, o qual é capaz de reduzir o risco de câncer e doenças cardíacas.

 

4. COGUMELOS

Contagem de Carboidratos: 2 gramas por copo

Estes fungos comestíveis possuem baixos níveis de carboidratos, mas ricos em sabor.

Grandes e carnudos cogumelos Portobello podem ser usados como uma alternativa para pães de hambúrguer, ou como um substituto para massa de pizza.

Bônus Nutritivo: Cogumelos de todos os tipos têm sido elogiados por suas quantidades elevadas de compostos que aumentam a imunidade.

 

5. AIPO

Contagem de Carboidratos: 1 grama por talo

O aipo é composto cerca de 95 por cento de água, por isso é nenhuma surpresa que há uma escassez de carboidratos.

Fatie e adicione a saladas, ou simplesmente coloque um pouco de manteiga de amendoim para um lanche super nutritivo.

Bônus Nutritivo: O aipo é uma boa maneira de obter uma dose extra de vitamina K, que pode reforçar a resistência óssea.

 

6. TOMATE CEREJA

Contagem de Carboidratos: 6 gramas por copo

Com um melhor sabor do que os tomates maiores vendidos no supermercado, tomate cereja são uma forma conveniente para reforçar o poder nutricional de sua dieta sem qualquer reação de carboidratos.

Coma-os ao natural, ou coloque-os com um pouco de óleo e asse-os no forno a 200 graus Celsius até ficar macio e enrugado com sabor torrado.

Bônus Nutritivo: Estas esferas avermelhadas são uma fonte de antioxidantes que combatem o câncer licopeno.

 

7. ESPAGUETE DE ABÓBORA

Contagem de Carboidratos: 7 gramas por copo

Pense neste espaguete como resposta com BAIXOS NÍVEIS DE CARBOIDRATOS pela Mãe Natureza para massas.

Depois de cozido, a basta cortar ao meio longitudinalmente, retire as sementes e coloque as metades em um microondas, com o lado da polpa para baixo.

Cobrir a abóbora com uma toalha de papel ou papel manteiga no microondas por 8-12 minutos, ou até a polpa ficar bem macia.

Deixe a abóbora esfriar por cinco minutos, em seguida, raspar a polpa com um garfo em fios. Coloque seu molho preferido e aí está uma deliciosa refeição sem carboidratos.

Bônus Nutritivo: A abóbora fornece quantidades notáveis de vitamina C, um nutriente mostrado para ajudar a reduzir a dor muscular e dano oxidativo após o exercício intenso.

 

OUTROS VEGETAIS COM BAIXOS NÍVEIS DE CARBOIDRATOS:

– Rabanete;

– Aspargo;

– Acelga chinesa;

Brócolis;

Espinafre;

– Rúcula;

– Pimentão;

Agrião;

 

FRUTAS COM BAIXOS NÍVEIS DE CARBOIDRATOS:

 

8. DAMASCOS

Contagem de Carboidratos: 8 gramas por 2 frutas

Aprecie como um lanche, ou fatie e adicione iogurte, aveia, e até mesmo salada para doçura natural.

Bônus Nutritivo: A polpa do damasco contém grandes quantidades de beta-caroteno , um antioxidante que tem sido associada a um melhor funcionamento do cérebro.

 

9. ABACATE

Contagem de Carboidratos: 8 gramas por 1/2 abacate

Abacate é livre de açúcar. De fato, 75 por cento dos seus carboidratos são provenientes de fibra não digerível.

Bônus Nutritivo: Abacate em um bom caminho, abacates possui gordura monoinsaturada saudável para o coração.

 

10. MORANGOS

Contagem de Carboidratos: 11 gramas por copo

Morangos fornecem o mínimo de açúcar, tornando-os uma ótima opção para satisfazer como doce. Se você estiver preocupado com a possível exposição a pesticidas, optar por morangos rotulados como “orgânico”.

Bônus Nutritivo: Morangos são uma fonte de vitamina C.

 

11. LARANJA VERMELHA (OU TORANJA)

Contagem de Carboidratos: 9 gramas por 1/2 frutas

Fornece cerca de 20 por cento menos açúcar do que a encontrada em uma laranja. Apenas evite adicionar açúcar por causa do seu sabor azedo.

Bônus Nutritivo: Você pode contar com a laranja vermelha para uma dose adicional de vitamina C .

 

OUTRAS FRUTAS COM BAIXOS NÍVEIS DE CARBOIDRATOS:

– Ruibarbo;

Melancia;

Pêssegos;

– Carambola;

– Cantalupo;

Amora silvestre;

 

CARNES E PEIXES COM BAIXOS NÍVEIS DE CARBOIDRATOS:

 

12. PEIXE-GATO (OU BAGRE)

Contagem de Carboidratos: 0 gramas por 85 gramas

Mais saboroso do que a tilápia, peixe-gato de encher seus músculos com proteína de alta qualidade.

Também é considerado uma opção sustentável a partir do balcão de peixes. Filetes são ótimos cozidos, grelhados, ou assados no forno ou frigideira.

Bônus Nutritivo: Este nadador é uma boa fonte de vitamina B12, que o seu sistema nervoso necessita para funcionar corretamente.

 

13. CONSERVAS DE SALMÃO ROSA

Contagem de Carboidratos: 0 gramas por 1/2 lata

A conserva desse peixe é um ótimo lugar para localizar a proteína livre de carboidratos. Salmão rosa é uma opção econômica com baixos níveis de toxinas como o mercúrio que é encontrado em atum enlatado.

Bônus Nutritivo: salmão enlatado é uma boa forma de gorduras omega-3, reduzem a dor muscular induzida pelo exercício e estimular a síntese de proteína muscular.

 

14. COXINHAS DE FRANGO

Contagem de Carboidratos: 0 gramas por 85 gramas

Tem sabor mais rico e carne suculenta e é menos propenso a secar durante o cozimento.

Deixe a pele durante o cozimento para mais sabor, mas se você está preocupado com as calorias extras de gordura que ela oferece, tire-a antes de comer.

Bônus Nutritivo: Além de uma carga de proteína (24 gramas em cada 85 gramas), coxas de frango fornecem selênio, um antioxidante que pode ajudar a aliviar o estresse oxidativo induzido pelo exercício.

 

15. CARNE MOÍDA DE PERU

Contagem de Carboidratos: 0 gramas por 85 gramas

Barato e gostoso, carne moída de peru é uma maneira fácil para inserir nas suas refeições proteínas livre de carboidrato. Use-o para hambúrgueres e molhos de carne.

Para cortar calorias de gordura, procure pacotes feitos com carne branca.

Bônus Nutritivo: Tal como acontece com outras aves, peru contém um arsenal completo de aminoácidos essenciais que podem ajudar seus músculos.

 

(VÍDEO) Dieta Atkins – Como Funciona, Cardápio e Dicas

16. LOMBO DE PORCO

Contagem de Carboidratos: 0 gramas por 85 gramas

Quando não cozido demais, esta carne branca tem bom sabor suculento e um preço muito menos doloroso do que suas contrapartes de carne bovina.

Ele também fornece uma razão de 6 por 1 em proteína e gordura. Procure lombo de porco sem tempero para evitar o excesso de sal e outros ingredientes questionáveis que podem estar nos temperos.

Bônus Nutritivo: No topo de uma abundância de proteína ideal para músculo, lombo de porco é uma boa fonte de tiamina, uma vitamina B necessária para fazer a energia que você usa.

 

17. CONTRA-FILÉ

Contagem de Carboidratos: 0 gramas por 85 gramas

Este corte de carne é uma das opções mais magras no supermercado, tornando-se uma maneira inteligente de obter proteínas sem custo de carboidratos. Bovinos alimentados com capim são ainda mais saudáveis.

Bônus Nutritivo: A carne vermelha como o contra-filé são uma fonte natural de creatina, que te dá força e energia.

 

18. CARNE ASSADA

Contagem de Carboidratos: 0 gramas por 56 gramas

Para uma opção de almoço com baixos carboidratos, tente envolver algumas fatias de carne e pimentão assados, um pouco de mostarda Dijon, e um pouco de queijo ou abacate, acelga suíça ou couve flor.

Bônus Nutritivo: Uma forma altamente absorvível de ferro em carne que ajuda seus músculos absorverem impacto.

 

19. BISÃO AMERICANO (OU BISONTE)

Contagem de Carboidratos: 0 gramas por 85 gramas

Quando se tratar de seu bife ou hambúrgueres grelhados lembre-se dessa carne maravilhosa cheia de proteína e livre de carboidratos.

Carnes de animais como bisões americanos e alces são cada vez mais fáceis de encontrar no balcão do açougue.

Bônus Nutritivo: A carne do bisonte é mais rica em gorduras omega-3 que os bovinos em confinamento e engordados com milho e soja.

 

OUTRAS CARNES E PEIXES COM BAIXOS NÍVEIS DE CARBOIDRATOS:

– Frango grelhado;

– Linguado;

– Carne moída;

– Peito de peru;

– Coxa de frango;

– Sardinhas em lata;

 

LATICÍNIOS COM BAIXOS NÍVEIS DE CARBOIDRATOS:

 

20. QUEIJO GRUYÈRE

Contagem de Carboidratos: 0 gramas por 28 gramas

Este queijo queijo duro produzido na Suíça tem um grande sabor de noz que vai conquistá-lo.

Ele também derrete lindamente, tornando-se uma maneira perfeita de adicionar emoção a tudo, desde brócolis refogado até pizzas com baixos carboidratos.

Bônus Nutritivo: Este queijo possui uma fonte de alto nível de cálcio, um mineral envolvido na construção óssea e, talvez, a queima de gordura.

 

21. MANTEIGA

Contagem de Carboidratos: 0 gramas por colher de sopa

A ligação entre gordura saturada e doenças cardíacas foi parcialmente dissociada, e então a manteiga mais uma vez encontrou um lugar em frigideiras e bolos caseiros.

Para ótima degustação na batata amassada, tente misturar a couve-flor no vapor com manteiga, tomilho fresco, e pitadas de sal.

Bônus Nutritivo: substitutos da manteiga como a margarina e gordura vegetal podem afetar os níveis de colesterol “mau”, aumentando o risco de doença cardiovascular a um grau muito maior do que a gordura saturada da manteiga faz.

 

22. OVOS

Contagem de Carboidratos: 1 grama por 2 ovos grandes

Qual veio primeiro, a galinha ou o ovo? Quem se importa, já que ambos fornecem muita potência em proteína sem qualquer preocupação de carboidratos.

Na verdade, a proteína em ovos é considerada de maior qualidade do que o que é encontrado em qualquer outro alimento.

Bônus Nutritivo: Os ovos são uma surpreendentemente boa fonte de antioxidantes para ajudar a limpar os radicais livres que danificam as células.

 

23. QUEIJO TIPO COTTAGE

Contagem de Carboidratos: 6 gramas por copo

Há uma boa razão pela qual este produto é um dos favoritos entre os fisiculturistas:

Por causa da proteína (28 gramas por xícara) com quantidades insignificantes de carboidratos. Os níveis de sódio podem variar muito, por isso compare marcas com cuidado.

Bônus Nutritivo: É rico em proteína de digestão lenta, tornando-se um bom lanche à noite, enquanto você tira uma soneca.

 

24. IOGURTE GREGO

Contagem de Carboidratos: 9 gramas por copo

Nos últimos anos, iogurte grego passou de um item obscuro no corredor de laticínios para uma estrela do rock.

E considerando que ele fornece cerca de 23 gramas de proteína por xícara, os músculos são os mais beneficiado da sua crescente popularidade.

Claro, se você quiser manter a contagem baixa de carboidratos, você terá que optar por versões simples que não são cheios de açúcar.

Bônus Nutritivo: Probióticos, bichos amigáveis no iogurte que melhoram a sua saúde digestiva e imunológica.

 

25. LEITE DE CABRA

Contagem de Carboidratos: 11 gramas por copo

Este leite contém menos carboidratos do que o leite de vaca, é mais fácil de digerir, e de acordo com pesquisas recentes é mais rico em uma série de nutrientes, como ácidos graxos ômega.

Bônus Nutritivo: Leite de cabra contém ácido linoleico conjugado, um ácido graxo que pode ajudar a queimar a gordura corporal.

 

OUTROS PRODUTOS LÁCTEOS COM BAIXOS NÍVEIS DE CARBOIDRATOS:

– Queijo Brie;

– Queijo de cabra;

– Queijo Monterey;

– Ricotta;

– Kefir iogurte;

– Nata;

– Creme de queijo;

 

PROTEÍNAS VEGETAIS COM BAIXOS NÍVEIS DE CARBOIDRATOS:

 

26. TOFU

Contagem de Carboidratos: 3 gramas por 85 gramas

Tofu não é apenas para os vegetarianos! Ele também oferece uma barato proteína com baixos índices de carboidratos, opção para carnívoros que querem uma noite de folga da carne.

Você pode adicionar tofu em molhos ou outros alimentos, este que absorve sabores de forma brilhante. Experimente-o como se fosse bife na grelha.

Bônus Nutritivo: Os compostos de soja chamados isoflavonas, que são usados para fazer tofu, mantém sua pressão sanguínea regulada.

 

27. TEMPEH

Contagem de Carboidratos: 9 gramas por 85 gramas

Tempeh é um rissole de carne que é feita a partir de uma base de soja fermentada, tornando-se uma fonte de proteína respeitável.

Experimente adicionar pimenta, tacos, sopas, caçarolas e molho de macarrão.

Bônus Nutritivo: Como um produto fermentado como iogurte ou chucrute, acredita-se que tempeh contém uma quantidade saudável de probióticos ultra-saudáveis.

 

28. FEIJÕES ENLATADOS ROSINHA

Contagem de Carboidratos: 18 gramas por 1/2 xícara

Entre feijões enlatados, feijão rosinha contêm alguns dos números mais baixos de carboidratos, mas ainda ostentam quantidades significativas em base de proteínas de plantas a 12 gramas em cada porção.

Você pode usá-los para adicionar proteína rápida a saladas e ovos mexidos.

Bônus Nutritivo: Suas fibras podem ajudar a reduzir um aumento do açúcar no sangue causada por carboidratos em uma refeição.

 

29. SEMENTES DE ABÓBORA

Contagem de Carboidratos: 5 gramas por 28 gramas

São uma fonte surpreendente de proteína, com cerca de 7 gramas em uma porção crocante.

Nenhum dos seus carboidratos são açúcares, tornando-o uma maneira ainda melhor para elevar teor de proteína em saladas, aveia, iogurte ou queijo cottage.

Bônus Nutritivo: Você usar as sementes de abóbora para uma fonte de aumento de testosterona e de zinco.

 

OUTRAS PROTEÍNAS EM VEGETAIS COM BAIXOS NÍVEIS DE CARBOIDRATOS:

– As sementes de cânhamo;

– Edamame;

– Leite de soja sem açúcar;

 

PETISCOS COM BAIXOS NÍVEIS DE CARBOIDRATOS:

 

30. QUEIJO DE CORDA

Contagem de Carboidratos: 0 gramas por 85 gramas

Bom para crianças e adultos, queijo de corda pré-embalados é um dos mais convenientes petiscos com baixos níveis de carboidratos.

Seus músculos também serão beneficiados com a dose extra de proteínas lácteas de alta qualidade.

Bônus Nutritivo: Como com queijo regular, esta versão oferece-se abundância de cálcio e fortalecimento ósseo.

 

(VÍDEO) Dieta da Proteína

 

31. BEEF JERKY

Contagem de Carboidratos: 3 gramas por 28 gramas

Quando se trata de salgadinhos, é sempre um desafio para encontrar itens que entregam quantidades respeitáveis de proteína, sem uma sobrecarga de carboidratos refinados que pode estragar o seu objetivo físico.

Bem, beef jerky é uma ótima maneira de fazer exatamente isso. Ainda assim, ter o cuidado de selecionar as opções de onde a carne mastigável, como bife ou peru não são banhadas em adoçantes.

Bônus Nutritivo: A maioria da base da carne ajuda a atender às suas necessidades diárias de zinco, e possui mineral para manter o seu sistema imunológico e os níveis de testosterona e construção muscular elevados.

 

32. NOZES

Contagem de Carboidratos: 4 gramas por 28 gramas

As nozes não só podem ajudam você no seu caminho de uma dieta com baixos níveis em carboidratos, e ainda possui nível elevado de ácidos graxos ômega-3. Ao comprar nozes, optar por manter sua ingestão sem sal.

Bônus Nutritivo: Também fornece cobre, um mineral necessário para a produção da energia no corpo.

 

33. COUVE FRITA

Contagem de Carboidratos: 8-12 gramas por 28 gramas

Couve frita é crocante e surpreendentemente saboroso (sim, a sério!) e tem o benefício de ser feita com um dos alimentos do planeta mais ricos em nutrientes.

Como um lanche, você também vai colher os benefícios de enviar cerca de 30 por cento menos carboidratos ricos em amido em seu corpo que são batatas fritas.

Bônus Nutritivo: Este gigante verde contém uma grande quantidade de vitamina C, vitamina K e vitamina A.

 

OUTROS PETISCOS COM BAIXOS NÍVEIS DE CARBOIDRATOS:

– Pepperettes (um tipo de linguiça moída de peru);

Nozes em geral;

– Avelã;

Sementes de girassol;

 

GRÃOS COM BAIXOS NÍVEIS DE CARBOIDRATOS E/OU FARINHA:

 

34. FARINHA DE AMÊNDOA

Contagem de Carboidratos: 6 gramas por 1/4 de copo

Feita a partir de amêndoas finamente moídas, farinha de amêndoa pode ajudar a transformar suas panquecas ou outros cozidos muito mais adequados para um estilo de vida saudável.

Bônus Nutritivo: Além de ajudar você a cortar os carboidratos, farinha de amêndoa também tem maiores quantidades de proteína, gordura monoinsaturada que é amigável ao coração, e o antioxidante da vitamina E que somente farinhas à base de grãos podem fazer.

 

35. SHIRATAKI

Contagem de Carboidratos: 0 gramas por 85 gramas

Este macarrão gelatinoso e translúcido é feito a partir da raiz em pó da planta asiática konjac yam e consiste principalmente de uma fibra indigesta chamada glucomanano, um custo zero em carboidrato.

O macarrão Shirataki tem um sabor indefinido por conta própria, mas eles absorvem os sabores de molhos de acompanhamento e especiarias muito bem.

Para fazer, escorra e lave bem, em seguida, inserir água fervente, como um macarrão instantâneo.

Bônus Nutritivo: Glucomanano pode ajudar a melhorar o colesterol e glicemia em jejum, tornando-se particularmente saudável para aqueles com diabetes tipo 2 ou pré-diabetes.

 

36. AMARANTO

Contagem de Carboidratos: 23 gramas por 1/2 xícara

Os grãos jamais serão a opção mais baixa em carboidratos no mercado, mas o amaranto Sul-americano contém menos do que outros.

Como a quinoa, amaranto é também uma fonte de aminoácidos essenciais necessários para ajudar os seus músculos.

Amaranto se torna viscoso, uma vez cozido em água, por causa de seu amido. Experimente-o como uma alternativa à aveia para o seu mingau de café da manhã.

Bônus Nutritivo: Este grão sem glúten possui quantidades significativas de manganês, um mineral necessário para um metabolismo adequado.

 

OUTROS GRÃOS COM BAIXOS NÍVEIS DE CARBOIDRATOS E/OU FARINHA

– Farinha de avelã;

– Farinha de coco;

– Farinha de amendoim;

 

BEBIDAS COM BAIXOS NÍVEIS DE CARBOIDRATOS:

 

37. CHÁ GELADO SEM AÇÚCAR

Contagem de Carboidratos: 0 gramas por copo

Enquanto engarrafado chá adoçado é uma bomba de açúcar, mas se tomar sem açúcar, este chá é uma ótima maneira de se refrescar sem se preocupar com a balança.

Bônus Nutritivo: Se você escolher uma marca feita com chá verde, você vai ter antioxidantes que podem acelerar o seu metabolismo de queima de gordura quando combinado com um programa de exercícios.

 

38. LEITE DE AMÊNDOA SEM AÇÚCAR

Contagem de Carboidratos: 2 gramas por copo

Se você está procurando uma opção de leite para adicionar aos seus shakes de proteína ou cereais, esta bebida à base de nozes é uma boa escolha.

Só não se esqueça de selecionar caixas rotulados sem açúcar para contornar os açúcares adicionados para muitas bebidas não lácteas.

Bônus Nutritivo: Leite de amêndoa infunde sua dieta com extra de vitamina E, que atenua o estresse oxidativo que danificam células associada a exercícios exaustivos.

 

39. ÁGUA MAPLE / ÁGUA DE BORDO

Contagem de Carboidratos: 3 gramas por copo

Pense na água Maple como um líquido claro a partir da árvore Maple antes de ser fervida e virar um xarope, como a resposta norte-americana a água de coco, mas com metade da quantidade de açúcar.

Bônus Nutritivo: água Maple é naturalmente rica em manganês para ajudar a promover uma melhor saúde óssea.

 

40. SUCO DE TOMATE

Contagem de Carboidratos: 10 gramas por copo

Suco de tomate possui menos de metade do açúcar encontrado no suco de laranja.

E existem opções com menor teor de sódio disponível para ajudar a reduzir o risco de retenção de água.

Também certifique de que o que você está bebendo é 100 por cento de suco de vegetais e não uma mistura feita com sucos de frutas açucarados e adoçantes.

Bônus Nutritivo: Os atletas que bebem suco de tomate ricos em antioxidantes tem menos inflamação pós-exercício do que aqueles que não o fez, o que poderia acelerar a recuperação.

 

OUTRAS BEBIDAS COM BAIXOS NÍVEIS DE CARBOIDRATOS:

– Club soda (também conhecido como água carbonada, é o principal componente de tudo relacionado de refrigerantes);

– Água com gás sem açúcar;

– Leite de cânhamo sem açúcar;

– Mate;

ATUALIZADO: 25.08.16

rp_medico-emagecer-mulher-projeto-novo-197x300.jpg

>> >> RECOMENDAMOS PARA VOCÊ:

Recomendados Para Você:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *