Dieta para Gastrite: Novo Cardápio para Gastrite

Tudo Sobre Dieta para Gastrite

DietaparaGastriteNovoCardapioparaGastrite mini

O que é afinal, a gastrite?

Em termos gerais a gastrite ocorre de inflamar, ou inchar o revestimento do nosso intestino.

A gastrite pode durante uma ou duas semanas, essa se chama gastrite aguda, ou também pode ser a gastrite crônica, que pode durar meses e ate anos.

A gastrite vem de diversas formas, pode ser por algum medicamento que você tenho tomado a bastante tempo, como anti-inflamatórios e analgésicos, ter bebido muito álcool ou por uma inflamação de estomago, por alguma bactéria.

Dieta para Gastrite Novo Cardápio para Gastrite

 

>> Recomendamos Para Você:

 

(VÍDEO) Nova Dieta para Gastrite e Úlcera (ATUALIZADO)

 

(VÍDEO) Azia Causas e Tratamentos (novo cardápio)

 

(VÍDEO) O que comer para aliviar os sintomas de Gastrite

Gastrite Sintomas

Varias pessoas com gastrite não apresentam sintomas. Mas existem alguns sintomas que da para notar.

– Perder a fome

Constipações e anciã de vomito

– Dor no abdômen ou na parte mais para cima (estômago)

– Fezes de cor escura ou vomitar sangue (isso acontece quando a gastrite causa sangramento no estômago)

 

Gastrite: Como Tratar e Prevenir?

Primeiro de tudo você deve buscar ajuda de um medico especializado, principalmente se você estiver com alguns sintomas que foi falado acima.

O tratamento em geral depende da sua situação, uma vez que ela pode sumir com o tempo ou durar um longo período.

Os medicamentos fortes existem, mas todos com prescrição médica. A outros para diminuir os ácidos no estomago (antiácidos, nizatidina, cimetidina e ranitidina, e antiácidos).

Em geral o ideal é não tomar nenhum medicamento, e fazer absolutamente nada, antes de consultar seu médico.

 

Cardápio para Gastrite

 

Café da Manhã

  • Opção 1: 1 fatia de pão integral com um fio de azeite de oliva.
  • Opção 2: 1 pão francês integral com margarina, 1 xícara de café com leite desnatado, 1/2 mamão papaia.
  • Opção 3: 1 pão francês integral com requeijão light, 01 xícara de café com leite desnatado, 01 banana.
  • Opção 4: 1 copo de suco – 1 maçã batida com 1 folha de couve, folhinhas de hortelã , 1 pedaço pequeno de gengibre ,água, 1 col de sopa de farinha de linhaça triturada (bata tudo no liquidificador), 2 fatias de pão integral.

 

Lanche da Manhã

  • Opção 1: 1 maçã.
  • Opção 2: 1 copo de suco de abacaxi com hortelã.
  • Opção 3: 1 copo de suco de pêssego.
  • Opção 4: 1 xícara de chá de hortelã, ½ papaya com 1 col sopa de farelo de aveia.

 

Almoço

  • Opção 1: 1 prato de sobremesa de salada de alface americana, almeirão, 02 col cenoura crua, tomate cereja, 2 colheres de chuchu cozido picado em cubos com alecrim, 2 colheres de carne moída refogada com broto de feijão e molho shoyo light.
  • Opção 2: 1 prato de sobremesa de salada de rúcula, tomate seco,hortelã , 2 pegadores de massa com vegetais, 1filé de pescada grelhado com molho de maracujá, 1 taça de morango e laranja picados.
  • Opção 3: 1 prato de sobremesa de salada de agrião, chicória, repolho roxo, 2 pegadores de macarrão com salmão e abobrinha, 1 figo em calda.
  • Opção 4: salada crua à vontade, 2 col. de sopa de brócolis cozido,3 col. de sopa de arroz integral,3 col. de sopa de feijão,1 posta de salmão assada, 01 pêra assada com gengibre.

 

Café da Tarde

  • Opção 1: 1 ameixa preta, 1 damasco seco.
  • Opção 2: 1 taça de creme de abacate.
  • Opção 3: 1 picolé de fruta.
  • Opção 4: 1 xícara de chá de alecrim, 2 torradas integrais com 01 col sobremesa de geléia de frutas sem açúcar.

 

Jantar

  • Opção 1: 1 pires de salada de couve com alho, 2 colheres de arroz integral, 1 colher de feijão, 1 pedaço de lombo assado com cebola, 01 pêssego.
  • Opção 2: 1 prato de sobremesa de salada de alface crespa e vinagrete, 1 fatia de carne assada, 1 colher de farofa de trigo, 1 fatia de abacaxi com raspas de limão.
  • Opção 3: 1 sanduíche de vegetais, 1 mexerica.
  • Opção 4: 2 pratos fundo de sopa de legumes e mandioquinha com 1 ovo cozido.

Ceia

  • Opção 1: 1 xícara de chá de erva-doce.
  • Opção 2: 1 xícara de chá de camomila.
  • Opção 3: 1 xícara de chá de hortelã.
  • Opção 4: 05 ameixas.

 

4 Causas da Gastrite Que Você Pode Tratar

Gastrite é a inflamação ou irritação da mucosa do estômago. Pode ocorrer subitamente (aguda) com duração de um a três dias, ou pode ser crônica, duração de vários dias a semanas.

Os Sintomas Típicos de Gastrite Incluem:

– Azia / indigestão (sensação de ardor no estômago / peito);

– Náuseas ou vômitos (às vezes vomitar sangue ou “café”);

– Perda de apetite;

– Dor abdominal e / ou inchaço;

– Soluços;

– Fezes negras;

 

(VÍDEO) MÉDICO EXPLICA COMO EVITAR VENCER A GASTRITE

 

4 Principais Causas de Gastrite

Embora existam várias razões pelas quais uma pessoa pode desenvolver gastrite – estresse crônico, uma desordem autoimune (como o HIV), infecções por fungos, doença de refluxo ácido, etc – existem 4 causa principais:

1. Helicobacter pylori (H. pylori) bactérias – Até 50% da população mundial está infectada com esta bactéria, embora a maioria das pessoas não apresentem sintomas ou mesmo nem sabem que possuem [1]. H. pylori pode quebra do revestimento do estômago, causando gastrite e úlceras estomacais.

 

2. Condições relacionadas com a deficiência de vitamina B12 – deficiência de vitamina B12, quando o trato gastrointestinal não absorve adequadamente a vitamina B12, muito provavelmente devido a uma inflamação crônica (gastrite).

Portanto, as condições que causam gastrite são os mesmos que aqueles que causam a deficiência de vitamina B12: doença celíaca (sensibilidade ao glúten), doença de Crohn, cirurgia recente de estômago, infecção recente, má nutrição, doenças da tireoide, ou anemia perniciosa, uma forma de anemia que ocorre quando o estômago não tem uma substância chamada fator intrínseco de ocorrência natural necessária para digerir adequadamente a vitamina B12.

 

3. O uso de medicação – Às vezes, os sintomas de gastrite são resultados por tomar medicamentos que causam problemas de estômago ou mesmo sangramento do estômago: aspirina, AINEs (ibuprofeno ou o naproxeno), prednisona, medicamentos de quimioterapia, ou outros.

 

4. Bebidas ácidas, alimentos picantes e outros culpados de alimentos – bebidas, como café, álcool, sucos com ácidos cítrico e alimentos picantes, como pimenta pode causar exacerbação dos sintomas de gastrite.

Mas, a “causa” real de gastrite é uma dieta consistente de alimentos “culpados” (listados abaixo).

 

O Tratamento Convencional para Gastrite

O tratamento convencional para gastrite envolve tomar antiácidos ou outros medicamentos para reduzir a acidez do estômago.

Embora estas drogas trabalhem rapidamente para aliviar os sintomas, uso crônico desses medicamentos pode levar a problemas graves, como osteoporose ou uma condição chamada hypchlorhydria (acidez baixa no estômago).

 

Uma Dieta para Gastrite Corrige a Causa Principal da Gastrite

Em vez de uma pílula para mascarar sintomas de gastrite, uma dieta para gastrite pode curar o intestino naturalmente.

Aderir a uma dieta para gastrite significa comer uma combinação de alimentos saudáveis, evitando ao mesmo tempo os alimentos “culpados” em uma base diária; esta é a chave para aliviar os sintomas de gastrite permanentemente.

 

1. Dieta Para Gastrite: Coma Alimentos que Matam Bactérias H. Pylori.

– Brócolis. Um nutriente no brócolis chamado sulforafano tem se mostrado eficaz para matar as bactérias H. pylori na mucosa do estômago.

Ele funciona até mesmo em matar H. pylori que se tornaram resistentes aos antibióticos. E, brotos de brócolis contêm 20 a 50 vezes mais sulforafano que a planta madura.

Se você não gosta do sabor de brócolis, você pode comprar suplementos de brócolis ou sulforafano on-line ou em sua loja local de saúde alimentar.

50% da população do mundo tem H. pylori – mesmo que eles não possam saber – comer brócolis várias vezes por semana ou tomar suplementos é recomendado para todos.

-Alho. Alho é um agente antimicrobiana e antifúngica de largo espectro, e as bactérias de H. pylori são altamente sensíveis a ele. No entanto, algumas pessoas com azia crônica não reagem bem ao alho.

Se isso se aplica a você, tente primeiro comer pequenas quantidades de alho (ou tomar cápsulas de alho) e aumentar gradualmente a quantidade de tolerância.

 

2. Dieta Para Gastrite: Coma Alimentos Que Curam o Intestino e Ajudam a Aumentar a Absorção de Vitamina B12.

– Probióticos. Os probióticos, tais como Lactobacillus e Bifidobacterium são bactérias benéficas que colonizam o revestimento macio do trato intestinal e, assim, curar o sistema digestivo.

Tomando probióticos ajuda a aumentar a capacidade do intestino para absorver nutrientes e digerir.

Para as pessoas que têm gastrite e deficiência de vitamina B12, coma alimentos com probióticos (ou tome suplementos probióticos) com as vitaminas B.

Os alimentos que contêm probióticos incluem iogurte orgânico, kefir, chucrute e pão de fermento.

 

3. Dieta Para Gastrite: Coma Alimentos que Revertem Danos Causados Por Uso de Medicamentos e Aliviam os Sintomas de Gastrite.

Mais uma vez, os alimentos ricos em probióticos são os mais benéficos para reverter qualquer dano intestino.

Além de probióticos, alimentos específicos foram encontrados para ambos: curar o estômago e aliviar os sintomas de gastrite de náuseas, dor de estômago, queimação, inchaço, azia, etc.

Gengibre;

– O vinagre de maçã;

Curcuma;

– Orégano;

– Suco de oxicoco;

Abacaxi (bromelina);

– Suco de beterraba e / ou suco de cenoura;

– Chá verde;

Além disso, você vai querer comer alimentos ricos em vitamina A: fígado, cenoura, verduras, espinafre, aspargos, batata doce, pêssegos e damascos.

A vitamina A é essencial para a função saudável das membranas mucosas e reparação de tecidos.

 

4. Dieta Para Gastrite: Evitar Alimentos e Bebidas que Agravam os Sintomas de Gastrite.

Muitas pessoas que sofrem de gastrite sabem exatamente quais os alimentos itens aumentam os seus sintomas – café, chocolate, pimenta, massas, etc.

Se você não sabe quais os alimentos que desencadeiam a sua gastrite, então você precisa descobrir. É fácil de fazer – basta criar um diário alimentar.

Por duas a quatro semanas, anote tudo o que comer ou beber e observe a exata data / hora de comê-lo. Simultaneamente, anote qualquer momento que você sentir os sintomas de gastrite acima.

Após seu diário alimentar ser concluído, correlacione entre o consumo alimentar e os sintomas que você experimentou. Por exemplo, você desenvolve náuseas ou azia uma hora depois de comer pizza?

Ou, você experimentar inchaço e cólicas no dia seguinte ao comer pães ou doces? Depois de descobrir seus gatilhos de gastrite específicos, você saberá exatamente quais os alimentos ou bebidas que você deve evitar.

 

Seguir uma dieta saudável Gastrite Permanentemente

Aliviar a gastrite permanente e prevenção envolverá mudar o seu estilo de vida. (Embora não seja fácil, com trabalho duro, ele pode ser realizado!).

Em uma base diária, tente seguir uma dieta para gastrite que respeite a integridade do revestimento do estômago.

Ou seja, comer alimentos integrais com muita proteína, gorduras naturais, frutas e legumes, que fornecem ao seu corpo com os nutrientes necessários para apoiar a cura.

E tentar evitar os “culpados alimentares” que podem danificar tanto o seu intestino e seu sistema imunológico:

– Laticínios (exceto iogurte orgânico);

Soja;

– Milho;

– Grãos;

Glúten;

– Batatas;

– Alimentos processados;

– Doces;

– Refrigerantes;

– Café excessivo;

– Bebidas energéticas;

– Alimentos com gorduras trans;

ATUALIZADO: 09.09.16

 

medico emagrecer mulher projeto novo

>> >> RECOMENDAMOS PARA VOCÊ:

Recomendados Para Você:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *