Envelhecimento da Pele: O que Fazer e como Prevenir

Tudo Sobre Envelhecimento da Pele

EnvelhecimentodaPele mini

Para a mulher é muito importante o cuidado e aparência da pele, e com o passar dos anos, é natural perceber linhas de expressão, rugas, flacidez, falta de luminosidade.

Para muitas, a saída é buscar cremes e tratamentos estéticos, e é importante ter atenção com alguns hábitos péssimos que são inimigos da pele saudável e bonita, e que aceleram o envelhecimento.

O cigarro reduz a oxigenação da pele por 90 minutos, cada um deles! E a conseqüência é pele grossa e amarelada, pela nicotina, de forma opaca e sem viço.

O cigarro é péssimo para a saúde, de forma geral, com distúrbios no metabolismo provocados e ainda perda do colágeno acelerada, que são células para sustentação e elasticidade da pele, com favorecimento para flacidez.

Além desses fatores negativos, este hábito provoca rugas ao redor dos lábios e dos olhos, pois o fumante fecha os olhos de forma parcial para proteção contra a fumaça.

E o estresse emocional muda os hormônios, com aumento da liberação de corticóide endógeno e adrenalina. Esse fator pode tornar a pele mais acnéica e oleosa.

O estresse é responsável também pela redução das defesas, com pele predisposta para infecções e doenças, como alergias, herpes, e vitiligo.

>> Recomendamos Para Você:

Assista ao vídeo abaixo e saiba mais informações envelhecimento precoce da pele:

É importante beber muita água, ao contrário um sinal inicial de desidratação ocorre pela pele e mucosas. Entre células há líquido intersticial que auxilia para sustentar a pele, e quando não se bebe água, a pele fica flácida e sem viço.

Ao perder turgor, a pele lentamente volta para estado natural, e sofre distorção. Beber bastante água contribui para pele hidratada e firme, com favorecimento para excreção das toxinas; a dica é consumir ao menos 2 litros de água diariamente.

Mais um péssimo hábito para a pele é o não uso do protetor solar. Excesso de exposição ao sol, e em especial falta do protetor solar, são fatores causadores do envelhecimento e câncer de pele.

A radiação solar causa 80% do envelhecimento da pele em exposição, em especial as peles mais brancas, com o processo ocorrendo de maneira precoce, e a radiação solar é um potente oxidante celular, penetrando pela pele e provocando alterações diretas no DNA das células, e de forma indireta, provoca reações químicas que modificam o DNA e fibras colágenas e elásticas.

O organismo apresenta mecanismos de defesa e ação antioxidante, mas pode não ser suficiente em evitar reações. E a conseqüência é fotoenvelhecimento, com surgimento de sardas, flacidez, manchas, pele áspera, rugas e até câncer de pele. O ideal é FPS, sempre acima de 30 no colo, no pescoço, rosto e mãos, e o de 15 para resto do corpo.

O hábito de consumir gordura e açúcares também é prejudicial para pele, pois em muita quantidade, o açúcar causa glicação, processo de envelhecimento celular.

O açúcar é ligado às proteínas da pele, como colágeno, com rigidez das proteínas, perda da função de elasticidade, e pele com rugas e flácida.

A gordura em excesso é acumulada no tecido subcutâneo irregularmente, com celulite e gordura localizada.

A alimentação desequilibrada e pobre em antioxidantes é mais um hábito ruim, com aceleração do envelhecimento da pele. A dieta balanceada, com frutas, rica em vegetais, cereais, leguminosas e hortaliças é ideal para proteger contra radicais livres que são péssimos.

Substâncias ativas nestes alimentos são ótimas antioxidantes para neutralizar ação dos radicais. A dica é optar por alimentos ricos em vitamina C, como laranja e tomate, vitamina E, como nozes, e gema de ovo, vitamina A, como abóbora e fígado, e ainda bioflavonóides, no caso das uvas escuras e frutas cítricas, e mais outros nutrientes em itens frescos.

O sono inadequado não tem reparo, pois pelo sono há produção de hormônios rejuvenescedores como melatonina e hormônio do crescimento, sendo os mesmos calmantes e reparadores.

Com ausência do sono há estresse e o organismo não descansa, a pele fica sem viço e surgem olheiras.

O sedentarismo é considerado hábito errado também em relação à pele, pois as atividades físicas geram benefícios para a mesma e corpo, de forma geral.

Há melhora da circulação sanguínea da pele, do metabolismo, há combate contra estresse e a qualidade do sono é melhorada. São combatidas também celulite, flacidez e gordura localizada.

E é fundamental a proteção da pele contra agressões externas como poluição, frio, raios solares e vento. O rosto deve ser hidratado, apresentando elasticidade, ao contrário da pele sem hidratação que no geral, apresenta mais rugas e flacidez.

O ressecamento pode gerar descamação e dermatite. E com envelhecimento, há redução das glândulas sebáceas, com pele mais ressecada. E o ressecamento superficial da pele gera coceira e alergias, com menos elasticidade e agravamento das rugas, sendo ideais os cremes e loções.

 

>> >> RECOMENDAMOS PARA VOCÊ:

banner-perfume-loja

Recomendados Para Você:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *