Graviola Benefícios: Confira Como Usar Graviola em seu Regime

Tudo Sobre Graviola

graviola mini

Este fruto é ainda pouco consumido em algumas regiões do país e isso se dá provavelmente pela falta de conhecimento a respeito de seus benefícios, sendo usada em casos de abcessos, cólicas intestinais, asma, artrite, câncer, catarro, diarreia, depressão, dores, disenteria, diabetes, edema, escorbuto, espasmos, febre, gripe, hipertensão, piolho, parasitas como vermes, reumatismo e tosse.

Normalmente a fruta é consumida em forma de suco, sugerida pelas medicinas alternativas, como a holística, considerando ainda o chá feito com suas folhas em infusão em água quente.

Alguns medicamentos são feitos a partir das propriedades medicinais que são extraídas da graviola, que são administrados principalmente para o combate de células cancerígenas e parasitas.

Retardando ainda o crescimento de tumores, e estas descobertas foram resultados de pesquisas feitas em diversas instituições, como a Universidade Federal de Juiz de Fora, através do Departamento Farmacêutico de Farmácia e Bioquímica.

Graviola Benefícios Confira Como Usar Graviola em seu Regime

 

>> Recomendamos Para Você:

 

(VÍDEO) Chá de folha de Graviola (Benefícios)

 

(VÍDEO) Combata o Câncer com Graviola

 

(VÍDEO) Os Benefícios da Graviola Para Saúde

 

Benefícios da Graviola:

  • Combate Ácido Úrico;
  • Trata dor nas costas;
  • Trata doenças reumáticas;
  • Ajuda no Tratamento da Diabetes;
  • Reduz a pressão arterial elevada.

 

Tratamento do Câncer:

Folhas da graviola podem inibir células de câncer e curar o câncer mais rápido e eficaz do que a quimioterapia o que resulta em vários efeitos colaterais, além de ser caro.

De fato, a pesquisa mostrou que graviola tem um ingrediente ativo que é 10.000 vezes mais forte do que a quimioterapia para combater células cancerígenas.

Assim, folhas de gravioleira podem tratar diferentes tipos de câncer, incluindo câncer de próstata, pulmão e mama.

Para o tratamento, ferva 10 folhas de gravioleira em 3 xícaras de água até que apenas um copo de água permanece, espera resfriar e beba essa mistura todas as manhãs por 3-4 semanas para determinar a melhoria da condição.

 

A Graviola na Alimentação:

O uso da graviola traz muitos benefícios a saúde, porém, deve ser indicada pelo nutricionista garantindo uma boa administração, já que a fruta também contém contraindicações em determinados casos como em gestantes ou pessoas que possuam problemas de pressão baixa.

Além disso o consumo excessivo pode ocasionar em náuseas, vômitos e sonolência em algumas pessoas, sendo assim, a orientação médica se torna essencial na administração da ingestão deste alimento.

O profissional irá sugerir os períodos em que este alimento deverá ser ingerido, considerando sua frequência, devendo ser respeitado para que não ocorram os efeitos colaterais, garantindo somente os benefícios do alimento para a saúde.

Seus frutos são frágeis e se danifica facilmente, devendo ser manuseado com cuidado para que o fruto não se estrague, devendo ser rapidamente consumido quando adquirido e armazenado em geladeira por no máximo cinco dias.

A planta produz fruto durante o ano inteiro, podendo alcançar até seis metros de altura, desde que cultivada em locais úmidos, e seu sabor e aspecto é muito semelhante a fruta do conde, ou seja, possui em seu interior a polpa branca com a semente preta.

Este fruto pode atingir a um ou dois quilos, mas já chegou a apresentar frutos de até seis quilos e normalmente é cultivada no Nordeste em florestas tropicais.

O fruto ainda possui baixa caloria, apresentando somente seiscentas calorias em uma porção de cem gramas, podendo ainda ser utilizado nas dietas sem medo de engordar e garantindo os benefícios que a fruta proporciona.

 

Graviola Emagrece?

A fruta ajuda na busca pela perda de peso, porém, sozinha a fruta ou ainda seu chá não opera milagres, devendo ser considerada uma dieta com alimentos naturais e saudáveis, podendo assim, ingerir a frutas nas colações das refeições sem medo de engordar pois a mesma possui poucas calorias.

Seu chá está ainda mais associado a perda de peso, pois acelera o metabolismo, queima calorias e impede que gorduras se acumulem no corpo, além de ajudar a saciar a fome, permitindo que permaneça mais tempo se fome, controlando assim a quantidade de alimentos das refeições seguintes.

O chá de graviola, é também conhecido como chá branco e pode ser encontrado em lojas de produtos naturais, porém, seu valor ainda é mais alto que o chá preto e o chá verde, já que apesar do comércio, é difícil encontrar.

O chá irá agir como um diurético, drenando a gordura e eliminando-as através da urina, promovendo assim a redução do peso, devendo respeitar as medidas sugeridas pelo médico, que poderá sugerir desde algumas doses diárias deste chá.

Como pelo menos um litro para ingerir ao longo do dia, ou o mesmo ainda poderá sugerir a ingestão algumas vezes na semana, alternando com outros tipos de chás que também auxiliem no objetivo de perda de peso.

Todo e qualquer alimento adquirido para uma dieta saudável ou para emagrecer deve ser administrado com cuidado e equilíbrio, pois nunca sabemos o que o mesmo poderá nos causar quando ingerido em demasia, como no caso da graviola que causa efeitos inversos.

Devido a isso, o acompanhamento médico se faz necessário, pois este tem conhecimento a respeito dos alimentos que podem nos trazer benefícios e que ainda podem ser combinados em uma dieta equilibrada, distribuindo as ingestões de acordo com o que o nosso organismo suporta e aceita.

 

(VÍDEO) Chá das folhas de graviola e seus benefícios

 

Graviola

De acordo com a mensagem, a graviola é um remédio natural para o câncer que tem sido provado ser 10.000 vezes mais potente do que a quimioterapia no tratamento do câncer.

A mensagem também afirma que embora as empresas farmacêuticas estejam cientes das propriedades extraordinárias de graviola para combater o câncer

Eles decidiram não divulgar informações ao público ou para financiar novas pesquisas, porque eles já não podia fazer um lucro.

Algumas versões do estado mensagem de que, dado que a árvore graviola é “tudo natural”, não pode ser patenteado e, portanto, as empresas farmacêuticas não são aproveitadas este remédio.

No entanto, as reivindicações da mensagem são altamente enganosas e imprecisas.

O autor da mensagem foi inspirado por verdadeiros de estudos científicos sobre Graviola e extrapolou descontroladamente, acrescentando afirmações falsas, estatísticas usadas de forma errada e acusações ridículas como uma tentativa pouco convincente para torná-la suas alegações mais credíveis.

 

Então, vamos começar desde o início.

Alguns testes de laboratório mostraram que os extratos de Graviola possuem propriedades anticâncer, mas esses extratos não foram estudados de forma adequada em seres humanos.

De acordo com os estudos de laboratório, os extratos graviola pode matar certos tipos de células cancerosas dos cancros do fígado e da mama que têm uma resistência especial à quimioterapia.

No entanto, não houve nenhum estudo em grande escala sobre os seres humanos.

Por isso, não sei se ele pode trabalhar ou não como um tratamento para o câncer. ”

Portanto, as reivindicações da mensagem que uma extensa pesquisa foi feita sobre a fruta, e descobriu-se que ele é um remédio natural milagrosa para muitos tipos de câncer são simplesmente falsas.

Há, atualmente, provas credíveis para confirmar a ideia de que comer cura graviola ou efetivamente servir como um tratamento contra o câncer em seres humanos.

Graviola tem mostrado efeitos anticancerígenos in vitro, mas não foi realizado nenhum estudo em seres humanos.

Apesar da falta destes dados, muitos sites recomendar graviola em pacientes com câncer, segundo estudos tradicionais e in vitro.

Você tem que ser muito cauteloso, porque não há nenhuma evidência sobre a sua segurança e da sua eficácia.

Graviola como uma cura para o câncer, mas nenhum deles são endossados por uma organização científica autoritário para a investigação do cancro.

Apesar da ausência de dados que confirmem graviola e muitos outros produtos à base de plantas, são fortemente recomendados na internet para pacientes com câncer, muitas vezes com a falsa alegação de que eles estão cuidando.

Os pacientes devem prestar muita atenção para o uso de suplementos à base de plantas durante o tratamento.

Assim, como sobre a afirmação na mensagem que a graviola é “10.000 vezes mais forte do que a quimioterapia”?

Esta afirmação é deliberadamente incorretamente um consultório médico existente.

Em 1996 um estudo descobriu que um composto isolado e extraído do muricata sementes annona (graviola) foi 10.000 vezes mais poderoso do que o medicamento de quimioterapia adriamicina em células de adenocarcinoma do cólon.

No entanto, estes resultados são apenas para um tipo de quimioterapia de droga.

Além disso, a menos que o paciente com cancro foi comer as sementes da fruta em vez da própria fruta, não iria assumir o composto que mata o cancro.

 

Além disso, estas experiências foram realizadas em laboratório.

E, claro, mensagem muito inteligentemente se esquece de mencionar os possíveis efeitos colaterais de graviola.

Nós sabemos muito pouco sobre os efeitos da graviola sobre o corpo humano.

No entanto, sabemos que ele pode causar problemas nervosos e sintomas semelhantes à doença de Parkinson.

Então você pode ter efeitos secundários nocivos para algumas pessoas.

Sempre fale com o seu médico antes de tomar qualquer tipo de terapia complementar ou alternativa.

Graviola pode causar desordens de movimento e mieloneuropatie com sintomas semelhantes aos da doença de Parkinson.

A mensagem sugere que as empresas farmacêuticas têm continuado pesquisa e desenvolvimento de terapias baseadas no potencial de graviola, porque o produto era natural e, portanto, não poderiam obter lucro.

No entanto, esta afirmação é simplesmente absurda.

Uns grandes números de medicamentos disponíveis hoje são a partir de produtos naturais e empresas farmacêuticas que as produzem e distribuem-nos a obter um lucro substancial.

Cada tratamento do derivado do cancro anona consistiria na maior parte dos compostos e extratos que podem ser administrados as doentes na mesma maneira que os outros fármacos.

Além disso, o desenvolvimento e a distribuição desses medicamentos derivados de graviola seriam da responsabilidade das empresas farmacêuticas.

Se o tratamento resultante foi positivo, a droga iria trazer grandes ganhos para essas empresas.

Assim, a alegação de que as empresas farmacêuticas abandonaram a pesquisa e desenvolvimento de produtos, porque eles não podiam obter lucros é apenas um disparate.

A ironia nesta mensagem é que muitas empresas que vendem “medicina natural” já oferecem integradores de graviola, muitas vezes com afirmações exageradas e sem suporte sobre os benefícios do produto, a preços inchados, então eles já estão recebendo um grande lucro.

Se a pesquisa vai mostrar que graviola será usada para produzir uma droga eficaz contra o câncer, então você pode ter certeza que as companhias farmacêuticas certamente vão embarcar.

Enquanto isso, os fornecedores de produtos naturais para a saúde já está obtendo muitos lucros com os suplementos de graviola, sem a necessidade de testar a eficácia do produto cientificamente.

A mensagem circulante foi aparentemente baseada em um artigo em 2009 no site do Instituto de Ciências da Saúde, que tinha a intenção de atrair leitores para se inscrever para receber atualizações gratuitas para os artigos.

HSI é uma médica site de informação dedicado a alternativa e tentar descobrir as últimas atualizações sobre a medicina moderna não está provado.

Apesar do nome representativo, não parecem estar em todas as informações “ciência da medicina” credibilidade e autoridade no local do HSI.

ATUALIZADO: 21.09.16

 

medico emagrecer mulher projeto novo

 

>> >> RECOMENDAMOS PARA VOCÊ:

Recomendados Para Você:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Tive cancer de mama a um ano e tres meses, desde então consumo a polpa pura de graviola todos os dias, gostaria de saber se tem algum efeito. se realmente ´posso consumir dessa maneira, nao precisei fazer qualquer tipo de tratamento. obrigada