MEL: Principais Benefícios, Propriedades e Tipos

Tudo Sobre Principais Benefícios do Mel

MEL - Principais Benefícios

10 BENEFÍCIOS DO MEL

Descubra os benefícios para sua saúde do Mel um dos adoçantes mais antigos do planeta, além de algumas curiosidades interessantes.

Abelhas engolem, digerem e regurgita o néctar para fazer mel, este néctar contém cerca de 600 compostos. Precisamos de nossas abelhas, por isso vamos fazer tudo o que pudermos para salvá-las e mantê-las aqui nesta terra.

 

> BENEFÍCIOS DO MEL:

 

1. PREVINE O CÂNCER E ALGUMAS DOENÇAS DO CORAÇÃO

O mel contém flavonoides, antioxidantes que ajudam a reduzir o risco de alguns tipos de câncer e doenças cardíacas.

 

2. REDUZ ULCERAS E OUTROS PROBLEMAS INTESTINAIS

Uma pesquisa recente mostra que o tratamento com mel pode ajudar em alguns distúrbios, tais como úlceras e gastroenterite bacteriana. Isto pode estar relacionado com o terceiro benefício.

MEL Principais Benefícios, Propriedades e Tipos

>> Recomendamos Para Você:

(VÍDEO) Geleia Real – Pra que Serve e Benefícios

3. ANTI BACTERIANA

Todo mel é antibacteriano, porque as abelhas adicionam uma enzima que faz com que tenha peróxido de hidrogênio.

 

4. AUMENTA O DESEMPENHO ATLÉTICO

Atletas Olímpicos da Antiguidade comia mel e figos secos para melhorar a sua performance. Isto já foi comprovado com estudos modernos, mostrando que ele é superior na manutenção dos níveis de glicogênio e melhor no tempo de recuperação do que outros adoçantes.

 

5. REDUZ TOSSE E IRRITAÇÃO NA GARGANTA

O mel ajuda com a tosse, particularmente mel do trigo mourisco. Em um estudo com 110 crianças, uma única dose de mel do trigo mourisco foi tão eficaz como uma única dose de dextrometorfano em aliviar a tosse noturna e permitindo um sono adequado.

 

6. EQUILIBRA 5 ELEMENTOS

O mel tem sido usado na medicina na Índia há pelo menos 4000 anos e é considerado afetar todos os três desequilíbrios materiais primitivos do corpo de forma positiva.

Diz também ser útil na melhoria da acuidade visual, perda de peso, a cura da impotência e da ejaculação precoce, distúrbios no trato urinário, a asma brônquica, diarreia e náuseas.

 

7. REGULA O AÇÚCAR NO SANGUE

Mesmo que o mel contém açúcares simples, não é o mesmo que o açúcar branco ou adoçante artificial. Sua combinação exata de frutose e glicose, na verdade, ajuda o corpo a regular os níveis de açúcar no sangue.

 

8. CURA FERIDAS E QUEIMADURAS

A aplicação externa de mel tem sido mostrada para ser tão eficaz quanto o tratamento convencional com prata sulfadiazene.

Especula-se que o efeito de secagem dos açúcares simples e natureza anti-bacteriana do mel se combinam para criar esse efeito.

 

9. PROBIÓTICO

Algumas variedades de mel possuem grandes quantidades de bactérias amigáveis. Isto inclui até seis espécies de lactobacilos e 4 espécies de bifidobactérias. Isto pode explicar muitas das “propriedades terapêuticas misteriosas de mel.”.

 

10. PELE BONITA

Suas qualidades antibacterianas são particularmente úteis para a pele, e quando utilizada com os outros ingredientes, pode também ser hidratante e nutritivo!

> TIPOS DE MEL:

  • Alfafa
  • Mirtilo
  • Trigo sarraceno
  • Trevo
  • Manuka
  • Orange Blossom
  • Wildflower

Há pelo menos 40 tipos – cada um tem um gosto distinto e propriedades únicas. Mel Darker tende a ter níveis de antioxidantes superiores.

Mel monofloral (mel de uma única espécie de planta) geralmente tem o menor índice glicêmico (IG). Por exemplo, o mel gafanhoto da árvore Preto Locust tem um IG de 32 mel.

> SUGESTÕES

-Mel contém vitaminas, minerais e enzimas que não estão presentes no mel refinado.

– Melhor não dar para crianças. Esporos de Clostridium botulinum foram encontrados em uma pequena porcentagem de mel no Brasil.

Isso não é perigoso para os adultos e crianças mais velhas, mas as outras crianças podem ter uma reação grave de doença no primeiro ano.

Não adicione o mel à comida para bebé ou use como uma chupeta para acalmar um bebê agitado ou cólicas. Mais mel canadense não está contaminado com as bactérias que causam botulismo infantil, mas ainda assim é melhor não arriscar.

O mel é um açúcar, por isso não coma em jarros cheios se você valoriza uma boa saúde e quer manter um peso saudável. Ele tem um valor calórico elevado.

 

> Cozinhar o Mel?

Quando o mel é aquecido acima de 108 graus, ele se transforma em uma substância semelhante à cola que é extremamente difícil de digerir. Esta substância é considerada uma toxina (AMA), uma vez que adere aos tecidos do corpo e é muito difícil de remover.

Dito isto, não esteja convencido de que não se deve cozinhar com mel. É melhor prevenir ou adicionar o mel em suas receitas depois de feitas só para dar um gosto diferenciado.

ATUALIZADO: 04/10/2016 (INFOGRÁFICO)

medico-emagrecer-mulher-projeto-novo

>> >> RECOMENDAMOS PARA VOCÊ:

Recomendados Para Você:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *