Receita para Emagrecer Rapido: A Melhor Dieta para Emagrecer

Tudo Sobre Receita para emagrecer rapido

Receitaparaemagrecerrapido mini

Quem tem fome toda hora deve comer mais alimentos ricos em fibras. Estes alimentos, quando chegam ao estômago, formam uma espécie de gel, e atrasam a digestão, fazendo com que o indivíduo coma menos e gaste mais calorias para digeri-los.

>> Recomendamos Para Você:

(VÍDEO) 40 Dicas de motivação Para Emagrecer (PARTE 1)

(VÍDEO) 40 Dicas de motivação Para Emagrecer (PARTE 2)

Café da Manhã

Abacaxi: Alimento rico em magnésio e fibras controla a voracidade por doce, o aumento do apetite e a dor de cabeça.

Aveia: A aveia é rica em fibras, que são digeridas mais lentamente. Além disso, estimulam a secreção de um hormônio intestinal chamado colecistoquinina, que age no cérebro estimulando a sensação de saciedade.

Pão Integral: Alimentos ricos em fibras como o pão integral são uma alternativa muito boa para saciar a fome constante. Além disso, podem ajudar a eliminar o “excesso de barriga”, uma vez que as fibras ajudam na digestão mais eficaz.

Ovo: Por ser fonte de proteína de alto valor biológico, rico em aminoácidos essenciais, a digestão fica mais lenta, o que ajuda no aumento da saciedade

Queijo branco: O cálcio aproveita de forma eficaz a insulina encontrada no leite e no queijo, por exemplo, regulando o metabolismo do corpo humano e a fome.

 

Almoço

Arroz integral: Por regular o funcionamento do intestino, o arroz integral aumenta a sensação de saciedade e, consequentemente, disfarça a fome por mais tempo.

Farelo de Trigo: Juntar o farelo de trigo a outros alimentos aumenta o volume – dá impressão de ter uma porção mais generosa no prato. Além disso, o farelo reduz o índice glicêmico da massa e do arroz, e IG baixo é garantia de apetite tranquilo.

Abóbora: tem fibra e demora a ser digerida além de poucas calorias (tem só 33 calorias por 100 gramas)

Cenoura: A textura firme da cenoura exige mesmo que você mastigue, mastigue, mastigue… Com isso, o cérebro entende que uma boa quantidade de alimento está sendo ingerida.

Além disso, comendo devagar, você consome menos comida nos 20 minutos que seu organismo leva para “desligar” a fome.

 

Jantar

Peito de Peru: Além de proteína, o peito de peru tem um pouco de gordura (mesmo o light), que, durante a digestão, estimula o corpo a produzir um hormônio, a colescistocinina, que corta a gula.

É isso mesmo: para emagrecer a gente precisa de gordura, de boa qualidade, é claro, e não mais do que 10% das calorias diárias.

Tofu: esse queijinho (de soja) carrega apenas 40 calorias em 100 gramas, e pode entrar à vontade no seu prato, dando volume à refeição. A dose de proteína, apesar de pouco, também ajuda a domar a fome.

Folhas Verdes: são campeãs de fibras, as folhas exigem muita mastigação – ninguém engole uma saladona sem trabalhar muito com os dentes. E a mastigação é um mecanismo fundamental para o cérebro avisar a hora certa de você parar de comer.

Lanches

Banana: tem fibras e, por isso, forra o estômago. Também carrega ferro, potássio e triptofano – substâncias que dão pique e diminuem a compulsão a comida. Mas, com 90 calorias, em média, não pode ser consumida à vontade.

Iogurte: rico em proteína, não só aplaca a fome como evita que ela volte rápido. Se quiser esticar a sensação de saciedade, junte aveia ou linhaça.

Barra de Cereais: as que têm castanhas, cereais (como a aveia) e frutas secas cortam a fome e dão energia. Cuidado com as versões carregadas de açúcar e sem quase nada de cereais integrais – disparam o índice glicêmico, e lá vem fome.

Damasco: desidratado, concentra frutose (açúcar da fruta) e vale por um docinho com apenas 20 calorias por unidade. A sensação de saciedade fica por conta das fibras.

Amendoim: a gordura boa do amendoim regula o açúcar no sangue e rende uma sensação de saciedade prolongada, evitando beliscos. Mas não exagere: 10 gramas têm 55 calorias.

Biscoito com fibras: uma opção saudável para driblar a fome que pinta entre uma refeição e outra. Mas, em excesso, engorda.

Soja Tostada: além das fibras, tem isoflavonas (hormônios naturais), zinco, vitaminas do complexo B, cálcio e potássio, que equilibram os hormônios femininos. E os hormônios, você sabe, influem muito na gula.

 

Sobremesa

Gelatina: gelatina é uma proteína, nutriente que demora mais a ser digerido. Além disso, contém grande quantidade de água, o que ocupa o estômago. Com a vantagem de render várias receitas de baixas calorias.

Melancia: essa fruta tem uma quantidade incrível de água e, por isso, sacia muito! Como tem um montão de fibras, exige que a gente fique mastigando por mais tempo. Além disso, você pode comer uma porção generosa já que uma fatia média contém só 50 calorias.

 

Bebidas

Suco de Limão: o azedinho do limão inibe a vontade de comer algo doce. Isso porque esse sabor satura as papilas gustativas que também estão no comando da fome.

Chá de Ervas: chá, em geral, acalma o estômago. Mas se quiser ir direto ao ponto, beba chá de capim-cidreira (reduz a compulsão a comida), verde (acelera o metabolismo, fazendo o corpo queimar gordura), cravo e canela (diminui a fissura por doce).

Café: como acontece com o limão, o sabor forte do café deixa as papilas gustativas “satisfeitas”. É por isso que compensa o doce da sobremesa. Mas cuidado, de acordo com médicos o café deve ser limitado em até 3 xícaras pequenas ao longo do dia e calro com adoçantes.

Água: ela ocupa espaço no estômago, preenchendo momentaneamente aquele “vazio” que faz você sonhar com um biscoito recheado no meio da manhã ou da tarde. Portanto, água para dentro!

Todas essas dicas claro são sugestões e que podem sim serem ou não incluídos em nossa alimentação. Mas com a ajuda deles pode sim, fazer sua dieta ficar um pouco mais fácil.

 

>> >> RECOMENDAMOS PARA VOCÊ:

banner-perfume-loja

Recomendados Para Você:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *